Projeto Bombeiros Especiais

APAE de Itapetininga/SP: Projeto Bombeiros Especiais

Projeto Bombeiros Especiais

Criar entre nossos alunos conscientização e a importância da prevenção de acidentes domésticos e outros de maneira informativa, evitando assim um crescimento no número de ocorrências nos lares, no trânsito e nas escolas.

Diante de tantas ocorrências envolvendo crianças, muitas delas especiais, houve a necessidade de
desenvolver este Projeto a fim de atender e entender como estas crianças vêem os problemas
relacionados à segurança nos lares e outros espaços físicos freqüentados por elas, e assim
determinar ações concretas de prevenção. Tendo como justificativa enfática de que estas crianças
são tão capazes quanto às ditas “normais” de aprendizado, assimilação e de multiplicação dos temas
sobre segurança. E acreditando neste sonho é que implantamos este Projeto, confiando no potencial
desses alunos. Aprendemos mais do que ensinamos, e sabemos que limitações existem sim, mas em
sua grande maioria estão em nossas cabeças. 

O Objetivo principal é a de criar entre estas crianças a conscientização e a importância da
prevenção de acidentes domésticos e outros de maneira informativa, evitando assim um
crescimento no número de ocorrências nos lares, no trânsito e nas escolas. O alvo indireto a receber
as informações são os pais, que recebendo este conhecimento podem transformar seu ambiente num lugar mais seguro para atender as necessidades especiais de seu filho.

Elaborado em conjunto com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE – Itapetininga, com atividades previstas para os períodos da manhã e tarde. Nesses períodos as crianças receberão instruções didáticas, sobre cuidados com acidentes com fósforo, velas, álcool, tomada, pipas, quedas, cuidados na cozinha (panela nofogo, forno, gás), medicamentos, produtos químicos em geral, perfazendo dois tempos de cinqüenta minutos cada. A forma de instrução baseia-se em informações continuamente repetitivas, enfocando e enfatizando informações importantes, continuamente sob supervisão dos professores (orientadores), a fim de podermos desenvolver métodos elucidativos voltados ao melhor atendimento a este seleto público de alunos. 

Os métodos e materiais instrutivos a serem usados são: desenhos, murais, exposições, músicas, formação de pelotão para auxílio no desenvolvimento motor e direcional (ordem unida simples), nossas viaturas operacionais (importante apoio) deverão visitar a instituição durante otranscorrer do Projeto fazendo breves apresentações de materiais e equipamentosem funcionamento. Findando a programação, em seu último dia, há uma recepção aos alunos no quartel, com uma formatura singela, e o efetivo de Prontidão apresentará exercícios de bomba armar e resgate. Após assistirem a apresentação os formandos serão agraciados com certificados, cantarão músicas de incentivo, sendo intitulados como Bombeiros Especiais, liberados da formação do pelotão, ocorre uma festividade para interação das crianças com a tropa.